Setembro | Be part of something bigger

1 Set 2019

O dia começa. O mês começa. O Aqui e Agora nunca fizeram tanto sentido.

Vivemos na ânsia de captar o nosso melhor ângulo, para publicar no Instagram e obter aquele número de likes mágicos. Será que pensamos neste gesto que caminha de asas abertas para a superficialidade ou será que queremos registar aquele momento único sem contabilizar gostos?! Vive a tua vida com um propósito. Pensa se esse melhor ângulo testemunha aquilo que realmente estás a sentir e és.  

TU, sim TU, fazes parte de algo maior. Não falamos de religião, mas da energia que nos une. A tua essência revela-se a cada gesto teu. Comunicas com todo o teu corpo e não apenas com o som que sai pela tua boca.

Terminadas as férias, chega o momento de relembrares os melhores momentos que viveste. Aquelas imagens que trocas pelo Whatsapp. As paixões e amores de verão. Aquelas festas que danças até ser dia. Magnífico não é?! Reviver os dias especiais. Lembraste quando o “João” te olhou nos olhos ou a “Joana” te devolveu o sorriso? Ai, ai, se pudesses voltar para ali e parar o tempo. Há coisas que não precisas de magia para reviver. Basta fechar os olhos e ires até lá. Como vês, tens super-poderes. Nem imaginas o quanto são poderosos.

Dá ouvidos à tua intuição. Sente o momento. Esquece as dores, os problemas. Tu és a tua maior cura quando aprendes a olhar para dentro de ti, seja num bom ou mau dia. Medita. Oferece-te essa possibilidade. Poderão existir muitas pessoas que te conhecem bem, mas nunca ninguém mais do que tu. Vamos fazer um exercício: Repara se a tua respiração é curta ou prolongada. Se não fazes inspirações e expirações profundas não estás a respirar corretamente. Este mês, aprende a fazê-o com pessoas e frases inspiradoras que a Geração S+ procurou e escreveu só para ti, tanto no Facebook, como no Instagram ou Twitter.  

Fica a pergunta: Qual aquele sítio, música, estado, pessoa, objeto (entre tantas outras coisas) que te dá/dão paz? Todos temos esse lado. Procura-o. Mergulha na tua verdadeira natureza, como quem diz, no teu eu. Não tenhas medo, serás muito mais feliz, quanto melhor te conheceres. 

E mais uma coisa: isto de andares e não sentires o chão nos teus pés; comeres e não saboreares; ver e não observares; respirares e não dares por ela… tem mesmo de acabar. Sente as sensações. Sente o teu corpo. Isto é Mindfulness: o AQUI e o AGORA. Sente, simplesmente.

Bom setembro e ano letivo. Nós também vamos dar continuidade ao nosso primeiro ano ao vosso lado, depois de passarmos pelo ano 0 da prova.